EB 2-3 Dr. Correia Mateus - Leiria

.arquivos

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Visitas

Contador GRÁTIS
Pet Shops

.O Tempo

Weather Forecast
Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Alimento: Banana

A banana é o fruto (ou melhor: uma pseudónima) da bananeira uma planta herbácea vivaz acaule (e não uma "árvore", apesar do seu porte) da família Massacrai (género Musa - além do género Encete, que produz as chamadas "falsas bananas"). As bananas constituem o quarto produto alimentar mais produzido no mundo, a seguir ao arroz, trigo e milho. São cultivadas em 130 países. São originárias do sudeste da Ásia, sendo actualmente cultivadas em praticamente todas as regiões tropicais do planeta. Vulgarmente, inclusive para efeitos comerciais, o termo "banana" refere-se às frutas de polpa macia e doce que podem ser consumidas cruas. Contudo, existem variedades cultivares, de polpa mais rija e de casca mais firme e verde, geralmente designadas por plátanos, ganha-pão ou plantais, que são consumidas cozinhadas (fritas, cozidas ou assadas), constituindo o alimento base de muitas populações de regiões tropicais. A maioria das bananas para exportação são do primeiro tipo, ainda que apenas 10 a 15% da produção mundial seja para exportação, sendo os Estados Unidos da América e a União Europeia as principais potências importadoras.

As bananas formam-se em cachos na parte superior dos "pseudocaules" que nascem de um verdadeiro caule subterrâneo (rizoma ou corno) que chega a ter uma longevidade de 15 anos ou mais. Depois da maturação e colheita do cacho de bananas, o pseudocaule morre (ou é cortado), dando origem, posteriormente, a um novo pseudocaule.
As pseudónimas formam-se em conjuntos (clusters) que se agrupam até cerca de vinte bananas em "pencas". Os cachos de bananas, pendentes na extremidade do falso caule da bananeira, podem ter 5 a 20 pencas e podem pesar de 30 a 50 kg. Cada banana pesa, em média, 125g, com uma composição de 75% de água e 25% de matéria seca. São uma fonte apreciável de vitamina A, vitamina C, fibras e potássio.
Ainda que as espécies selvagens apresentem numerosas sementes, grandes e duras, praticamente todas as variedades utilizadas na alimentação humana não apresentam sementes, como fruto partenocárpico que é.
 
por: Guilherme Neves
publicado por ap6d às 16:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. alimentação (alimento)

. alimentação (prato)

. alimentação (sobremesa)

. alimentação (sopa)

. alimentação (visita de estudo)

. respostas inquéritos

. todas as tags

Achas que devemos de continuar com o nosso blog?




Resultados
Free poll from Free Web Polls
blogs SAPO

.subscrever feeds